Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Com uma localização privilegiada na zona ribeirinha lisboeta, este prédio construído em 1767 tem dois acessos distintos: pela Rua de São Paulo e pelo próprio Largo Stephens. Este largo deve o seu nome aos ingleses Guilherme e João Diogo Stephens, dois irmãos que enriqueceram com a reconstrução de Lisboa após o terramoto de 1755 e ali viveram até à invasão napoleónica (1807). O prédio em questão foi construído para uma vida social intensa, eclética e internacional, tendo, por exemplo, um salão de baile com um pé direito de 2 andares, uma sala de banquetes e outra para bilhar, cartas e chá.

ABC: 4.045 m²
Uso: Residencial e Comércio
Equipas de Arquitetura: José Adrião Lda.
Âmbito: Consultoria Estratégica, Estudo de Mercado, Gestão de Projeto 
Status: Em curso